ArielGelak

Estudante de cinema, curto estudo teórico da linguagem. Reviews pessoais e análises as vezes

Favorite films

  • Ran
  • Shadows of Forgotten Ancestors
  • Dekalog
  • Bacurau

Recent activity

All
  • Love Hard

    ★★★

  • Megamind

    ★★★★

  • A Moment of Innocence

    ★★★★★

  • Satantango

    ★★★★★

Recent reviews

More
  • A Moment of Innocence

    A Moment of Innocence

    ★★★★★

    Um espetáculo de línguagem, um filme muito a frente do seu tempo.

    Algumas vezes me pego com filme que não consigo dissertar sobre, e esse é um deles. Por mais que eu pontuasse aqui sobre o documental, o tempo e o espaço, ou ainda sobre a poética dos sentimentos que o autor consegue provocar através da narrativa utilizando essa linguagem realmente especial, não seria capaz de passar algo perto do que a obra passa. Me reservo da inutilidade do meu comentário.

    Espetacular, fiquei realmente extasiado.

  • Hard Boiled

    Hard Boiled

    ★★★★½

    O que me encantou de verdade nesse filme é a habilidade do diretor de retratar o mais amplo, como ele lida com grupos de pessoas nas cenas, e como ele garante ação intensa através disso.

    O ballet marcial, com armas, é uma obra prima, coreografia fantástica, como o cinema ocidental nunca conseguiu fazer. Isso, aliado principalmente aos planos sequências que recheiam vários momentos do filme, o elevam para outro patamar.

    A trilha sonora e o figurino transportam a gente para…

Popular reviews

More
  • Climax

    Climax

    ★★★★★

    Primeiro é preciso avisar que eu vi esse filme, como diz em bacurau, sob o efeito de forte psicotrópico. Logo, minha visão foi um pouco  deturpada, mas me identifiquei bastante com o filme.

    De nenhuma forma é um filme fácil de engolir, o que faz parte da visão artística do autor em seu acervo de obras, conhecedores já se familiarizaram. Esse está num bom limite de aceitável, toda a construção do horror agonizante de uma bad trip é muito bem…

  • Men and Women

    Men and Women

    ★★★★

    Explêndido. Khoury transmite de maneira ímpar o vazio existencial da modernidade no contexto brasileiro, que seria impossível de ocorrer se não em São Paulo, a grande metrópole.

    É notável como Khoury se distância de uma estética mais neorrealista do cinema novo e adentra muito mais as vanguardas européias. Impossível não fazer um comparativo do seu domínio de luz e tempo, que transformam personagens em estátuas vivas, com os trabalhos de Alain Resnair.

    Os diálogos dos filmes são certeiros, de certa…