Behave

Behave

cruel demais pra eu dar alguma estrela. não saberia como classificar, como se fosse um simples entretenimento que você pega pra ver e acaba passando o tempo. 

pausei esse filme diversas vezes, comecei a ver com o meu pai ontem (dia 16/06) de noite e terminei hoje sozinha, ele não quis terminar. é muito frio e sem noção a escolha de algum indivíduo preto, pobre e que mora em uma favela pra representar os verdadeiros autores dos crimes. todo esse estereótipo é pesado (racista)
a ignorância dessa juíza é outra coisa que me deu nos nervos, ela fala com tanta prepotência e indiferença, como se ela ali sentada naquela cadeira tivesse mais valor e representasse mais a sociedade do que algum jovem que ela esteja conversando à frente dela. nojo. e o que você consegue claramente perceber pelas falas dessa mulher é uma falta de percepção do privilégio que ela tem... como se tudo fosse simples demais 

"primeiro que uma jovem da sua idade não deveria nem ter filhos né?" 
sim. porque uma jovem vivendo em uma situação carente e necessitada vai saber direitinho sobre educação sexual e o que fazer/tomar para evitar uma gravidez indesejada. 
na visão dessa mulher é como se fosse tudo tão fácil, "se eu sei, porque eles também não saberiam? qual a diferença entre eu e eles?". ela pensa quase dessa forma, senão exatamente assim. 

não é certo agir como se todos tivessem como ir para a escola, ter uma boa estrutura familiar ou então trabalhar para sustentar a casa. não é simplesmente "ah mas se ele tivesse feito isso ao invés daquilo não iria se encontrar nessas circunstâncias."
bom, se o governo enxergasse essas pessoas e o sistema não promovesse o apagamento delas, chutando as camadas mais pobres pra debaixo do tapete, eu tenho certeza que não estariam matando, roubando, ou se colocando em outras ações perigosas por pura sobrevivência. 

é muito triste ouvir a voz deles, os relatos e a forma como eles contam. mesmo não sendo as pessoas verdadeiras da pra ver que tudo isso causa um impacto forte nos adolescentes que foram chamados para tais papeis. e o que é mais triste ainda é a insensibilidade do sistema judiciário que claramente não liga pra eles. 

depois de horas de sufoco uma coisa que me fez rir foi o rapaz fugindo da prisão porque não sabia que seria liberado no dia seguinte. mas é até preocupante ele não tem noção dos seus direitos e do que o seria aplicado. bizarro

isabella liked these reviews