Primal

Primal ★★★★★

Não é todo dia que você chora e se arrepia assistindo uma série de animação sobre um homem das cavernas e a sua amiga dinossauro fêmea.

Arrepiante a todo instante e surpreendentemente emocionante, “Primal” constrói uma narrativa visual tão forte onde o trabalho estético e sonoro diz tudo sobre aquela história e aqueles personagens bem mais do que mil palavras ou um texto. O ritmo visceral que o Tartakovsky dá pra cenas de ação que anima, o sangue, o grafismo assumido e o fator frenético da violência te colocam num mundo onde a selvageria reina a todo instante e você pode está à espreita da morte. Conceitos de ficção pulp e de fantasia estão amarrados com um olhar absolutamente afetuoso e sensível com os personagens unindo isso a um estudo sobre amizade, perda e a empatia no meio do caos, tudo isso imageticamente, da mesma forma que une Spear e Fang juntos.

Diegoquaglia liked these reviews