Fear Street: 1666

Fear Street: 1666 ★★★

texto no IG

Em comparação com o saudosismo vazio dos capítulos anteriores, esse ao menos consegue entregar algo de curioso e particular em boa parte da projeção. Não sei dizer se é pelo fato de que assisti a poucas obras a respeito de bruxas, mas sinto que o tom referencial se encontra completamente ausente nessa passagem, que busca focar no aspecto dramático da encenação e em um olhar social interessante, ainda que simples. Quando a obra volta para o "presente" e começa o Rua do Medo: 1994 - Parte 2 é que a obra retoma tanto os tropeços anteriores quanto os acertos, em um equilíbrio até jocoso, fechando bem uma trilogia irregular e que tinha tudo para oferecer uma dissolução medíocre.

João liked these reviews

All